Professora Marlúcia participa do 20º Diálogos Educação


Compartilhe

A professora Marlúcia da Silva, coordenadora do núcleo de Marataízes (ES), foi uma das convidadas para o 20º Diálogos Educação, debate promovido pela Globo Comunicação em parceria com a Fundação Roberto Marinho e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância). O encontro acontece anualmente e tem como objetivo dialogar com atores da educação a fim de traçar um panorama do tema no Brasil atual.

Foto da professora Marlúcia sentada em um palco, falando ao microfone para uma mulher da plateia.
Marlúcia no Encontro Conectando Saberes em julho de 2018 (Fonte: Acervo)

Além de Marlúcia, participaram também Fernando Abrucio, jornalista especialista em educação, e Jorge Matheus,  aluno do Colégio Estadual Chico Anysio, em que Willmann Costa, coordenador da Conectando Saberes no Rio de Janeiro (RJ), era diretor. Na conversa, temas atuais como a BNCC (Base Nacional Curricular Comum) e o financiamento das escolas públicas, foram debatidos.

Marlúcia comentou sobre a situação do currículo escolar em Marataízes, que vem sendo adequado à BNCC desde o ano passado. “Todo mundo está estudando e fazendo as formações dentro da própria escola”, conta. “Os pedagogos vão à Secretaria Municipal de Educação e voltam para um momento de diálogo e compartilhar os temas com todo mundo”.

A professora aproveitou o debate para questionar um ponto que, para ela, deveria ter mais visibilidade nas discussões sobre a BNCC: a valorização do professor. “Ninguém fala de plano de carreira. Os salários são baixos, não há formação continuada. Se não for dado ao professor o que propõe a Base, é difícil garantir a parte da implementação dos currículos e do aprendizado”.

De acordo com o documento da BNCC:


BNCC e currículos têm papéis complementares para assegurar as aprendizagens essenciais definidas para cada etapa da Educação Básica, uma vez que tais aprendizagens só se materializam mediante o conjunto de decisões que caracterizam o currículo em ação. […] Essas decisões, que resultam de um processo de envolvimento e participação das famílias e da comunidade, referem-se, entre outras ações, a:

– criar e disponibilizar materiais de orientação para os professores, bem como manter processos permanentes de formação docente que possibilitem contínuo aperfeiçoamento dos processos de ensino e aprendizagem; […].

Texto da Base Nacional Comum Curricular

Marlúcia disse que gostou muito do bate papo, em que suas opiniões eram escutadas. “O mais legal foi essa oportunidade de tantas pessoas quererem nos ouvir e, a partir daí, nortearem suas ações ao longo do ano”.


Para saber mais sobre as atividades Conectando Saberes, assine nossa newsletter