Professores da Conectando Saberes são finalistas do Global Teacher Prize

Dos 50 finalistas, 2 são brasileiros que fazem parte da rede Conectando Saberes


CompartilheShare

Os professores Débora Garofalo, de São Paulo (SP), e Jayse Antônio, de Itambé (PE), estão entre os finalistas do Global Teacher Prize, um prêmio anual oferecido pela Varkey Foundation aos educadores mais inovadores do mundo. Mais de 10 mil professores se inscreveram ao redor do mundo para concorrer ao prêmio de um milhão de dólares.

Débora é a primeira mulher brasileira a avançar para o Top 50 do Global Teacher Prize. Ela é responsável pelo projeto Robótica com Sucata, em que os alunos utilizam o lixo retirado das ruas de São Paulo para criar protótipos de carrinhos e robôs, aliando tecnologia, sustentabilidade e educação.

A professora conta que tem um carinho imenso pela Conectando Saberes, pois foi através dela que Débora percebeu que não estava mais sozinha em sala de aula. “Representar essa rede é a certeza de que estamos no caminho certo, que podemos ter uma educação com qualidade e equidade. Que podemos ter altas expectativas em relação a nossos alunos e, principalmente, a nós, professores”, fala.

Débora ainda ressalta a importância da visibilidade que o prêmio dá às escolas públicas brasileiras. “Nós sofremos muito nos últimos anos, principalmente com a desvalorização docente e com a falta de infraestrutura, e aí vemos trabalhos sendo contemplados com esse prêmio, como o meu que trabalha tecnologia, dá um orgulho imenso”, conta Débora.

Débora Garofalo (a primeira à esquerda) no Encontro Nacional Conectando Saberes, em 2017 (Foto: Erik Takara)

Jayse, por sua vez, é o primeiro representante do Nordeste na lista de finalistas do prêmio. Junto com seus alunos, o professor produz curta-metragens que trabalham diversos temas, desde Harry Potter aos perigos de se dirigir embriagado. A produção é de baixo custo, já que são utilizados espaços da escola e da comunidade, figurinos emprestados ou adereços feitos com materiais reciclados.

O professor ressalta a importância da Conectando Saberes para que os professores do país não se sintam isolados. “Tem muitos professores que estão desistindo de um trabalho diferenciado por não terem apoio, nem da Secretaria de Educação e, às vezes, nem da própria escola”, explica Jayse. “Saber que no Brasil todo há professores fazendo educação inovadora, transformando a sala de aula e acreditando no aluno me enche de vontade de continuar e melhorar cada dia mais meu trabalho”.

Jayse ainda deixa um recado para os demais professores: “Não desista de fazer um trabalho inovador. Você está no caminho certo. Queria que cada um da rede se sinta muito bem representado. Se hoje eu estou aqui é porque fui formado por vários professores incríveis que passaram pela minha vida e vocês da Conectando Saberes fazem essa soma aumentar. Obrigada por fazerem parte da minha vida”.

No vídeo abaixo, Jayse dá seu depoimento sobre a rede no Encontro Nacional Conectando Saberes, em outubro de 2017:

 


Para saber mais sobre as atividades Conectando Saberes, assine nossa newsletter